Twitter

+Todos

+instrumento

Ricardo Rente

instrumento, música

e-mail: | telefone: 021

Alternative content

  • ricardorente2.jpg
  • ricardorente3.jpg

Saxofonista e flautista, Ricardo Rente Rocha Silva nasceu em Niterói no dia 28 de maio de 1956. Fez o Curso Superior de Música, com habilitação em flauta, na Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, concluído em 1982, e estudou saxofone e arranjo no Berklee College of Music, em Boston, nos Estados Unidos, onde teve aulas com Joe Viola e Jerry Bergowzi. Estudou, também, Harmonia com o maestro Guerra Peixe, e Instrumentação com Ailton Escobar, no Centro Educacional de Niterói, e Contraponto, com o maestro Jaques Morelenbaun na UFRJ. É professor de sax na Musiarte – RJ. Atualmente desenvolve trabalho de produtor musical e arranjador.

Participou de vários grupos musicais, acompanhando vários artistas de destaque da MPB, entre eles, Guilherme Arantes, 1986 a 1988; Zé Ramalho, 1990 a 1996; e Adriana Calcanhoto, 1992 a 1996. Integrou a Orquestra de Sax, 1995 e Villa Jazz Orquestra, 1997. Desde 1995 vem se apresentado em duo com João Kantiber. Fez shows em casas de espetáculo famosas, bem como inúmeros teatros e museus em diversas cidades do Estado do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará e Salvador. Ricardo Rente também trabalhou em parceria com Francisco Frias, 1996. Em 1995, participou do Free Jazz Festival, acompanhando o cantor Steve Wonder, em apresentação com a Orquestra Sinfônica Brasileira, participando como solista.

“[...] O novo trabalho da Orquestra de Sax destaca-se entre os lançamentos instrumentais pela maturidade da concepção, qualidade individual dos executantes e irretocável conjunto.

No “Choro Negro” tem-se, como sempre foi em música orquestral brasileira, o conjunto em perfeita sinfonia e afinação, trabalhando em favor da sonoridade global, abrindo com oportunidade o espaço para os improvisos, cumprindo a difícil missão de timbrar violão e saxofones, equilibrando o ritmo sobre vassourinhas – uma pérola.”

MAURO DIAS, 1994

perfil

Saxofonista e flautista, Ricardo Rente Rocha Silva nasceu em Niterói no dia 28 de maio de 1956. Fez o Curso Superior de Música, com habilitação em flauta, na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, concluído em 1982, e estudou saxofone e arranjo no Berklee College of Music, em Boston, nos Estados Unidos, onde teve aulas com Joe Viola e Jerry Bergowzi. Estudou, também, Harmonia com o maestro Guerra Peixe, e Instrumentação com Ailton Escobar, no Centro Educacional de Niterói, e Contraponto, com o maestro Jaques Morelenbaun na UFRJ. É professor de sax na Musiarte - RJ. Atualmente desenvolve trabalho de produtor musical e arranjador. Participou de vários grupos musicais, acompanhando vários artistas de destaque da MPB, entre eles, Guilherme Arantes, 1986 a 1988; Zé Ramalho, 1990 a 1996; e Adriana Calcanhoto, 1992 a 1996. Integrou a Orquestra de Sax, 1995 e Villa Jazz Orquestra, 1997. Desde 1995 vem se apresentado em duo com João Kantiber. Fez shows em casas de espetáculo famosas, bem como inúmeros teatros e museus em diversas cidades do Estado do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará e Salvador. Ricardo Rente também trabalhou em parceria com Francisco Frias, 1996. Em 1995, participou do Free Jazz Festival, acompanhando o cantor Steve Wonder, em apresentação com a Orquestra Sinfônica Brasileira, participando como solista.

crítica

"[...] O novo trabalho da Orquestra de Sax destaca-se entre os lançamentos instrumentais pela maturidade da concepção, qualidade individual dos executantes e irretocável conjunto. No "Choro Negro" tem-se, como sempre foi em música orquestral brasileira, o conjunto em perfeita sinfonia e afinação, trabalhando em favor da sonoridade global, abrindo com oportunidade o espaço para os improvisos, cumprindo a difícil missão de timbrar violão e saxofones, equilibrando o ritmo sobre vassourinhas - uma pérola." MAURO DIAS, 1994